---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Novo Horizonte realiza fórum municipal para traçar plano de trabalho na área da Cultura

Publicado em 21/08/2019 às 16:26 - Atualizado em 21/08/2019 às 16:33

Além de discutir ações e metas, plenária indicou membros para o conselho municipal de cultura
Créditos: Ascom/Novo Horizonte Baixar Imagem

Com a participação de representantes de entidades organizadas, comunidades, administração municipal e Legislativo, na tarde desta terça-feira (20), a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes de Novo Horizonte realizou o primeiro Fórum Municipal da Cultura. Em torno de 70 pessoas participaram do encontro. A plenária permitiu a discussão e revisão de ações para a construção de um Plano Municipal de Cultura. No fim, também houve a indicação de membros para o Conselho Municipal da Cultura.

Daiane Frigo, responsável pela condução do fórum, explicou que o encontro buscou despertar na comunidade o entendimento de que todos são fazedores de cultura. “A comunidade precisa sentir-se produzindo cultura no seu dia a dia. A partir do momento que as pessoas começam a identificar, elas começam se envolver com a política que o município quer construir”, disse resumindo que o fórum é o primeiro passo para desenvolver uma nova política de cultura no município, adequar a legislação e o plano já existentes.

Questionada, Daiane disse que a avaliação da plenária é positiva. “Eu já fiz vários fóruns, mas não é em todo o lugar que a gente vê uma participação tão expressiva e as pessoas querendo contribuir”, falou frisando que isso reflete a sintonia da secretária e da coordenadora de cultura com a comunidade.

Fórum                             

Para envolver a comunidade no debate, Daiane trouxe a referência do Governo Federal – que é quem regulamenta o Sistema Nacional de Cultura e norteia as ações –, referências de políticas públicas, exemplos de manifestações culturais e um mapeamento do município. A ideia foi mostrar onde estão os “produtores” de cultura, quais são as expressões e manifestações culturais e onde é possível avançar.

Com a indicação dos membros do Conselho Municipal de Cultura, o próximo passo é adequar a legislação municipal de acordo com o que preconiza o Governo Federal. Depois disso, o conselho toma posse oficialmente e passa assessorar o desenvolvimento do Plano Municipal de Cultura. Na sequência, a comunidade será chamada novamente para uma conferência onde ações e metas serão debatidas e aprovadas. O objetivo é que as indicações se tornem uma lei municipal para nortear as atividades do órgão gestor de cultura do município.

Para a coordenadora de Cultura de Novo Horizonte, Silvani Moschen, a participação da comunidade demonstra que há o interesse e a vontade de desenvolver a cultura no município. “Fico feliz e surpresa com a participação, pois superou as expectativas”. Ela chama atenção também para a disponibilidade das pessoas que, voluntariamente, se colocaram a disposição para integrar o conselho e contribuir com o desenvolvimento do setor. “Isso demonstra que eles entenderam a proposta e estão sensíveis à causa”, comemora lembrando que a intenção é criar políticas públicas que atendam as demandas e o interessse coletivo.

Representantes do Colegiado de Cultura da Associação dos Municípios do Noroeste Catarinense (AMNoroeste) e o prefeito de Novo Horizonte, Vanderlei Sanagiotto, acompanharam o evento.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar