---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Novo Horizonte completa um mês de campanha contra gripe com 76% do público-alvo imunizado

Publicado em 14/05/2019 às 16:58 - Atualizado em 14/05/2019 às 16:58

Com um mês de campanha, município imuniza 76% do publico-alvo
Créditos: Ascom/Novo Horizonte Baixar Imagem

De acordo com o secretário de Saúde, números do Ministério da Saúde não batem com a realidade dos municípios

Iniciada no dia 10 de abril, a campanha de vacinação contra o vírus influenza, que causa a gripe, completou um mês na última sexta-feira (10). Em Novo Horizonte, de acordo com a Secretaria de Saúde, 76% do público-alvo já foi imunizado. Esse percentual leva em conta os números do Ministério da Saúde.

Segundo o secretário de Saúde do município, Rogério Acácio Mascarelo, esse percentual é maior quando são observados os números reais do município. “O número total de idosos e crianças do Ministério da Saúde não bate com a realidade do município”, disse ele explicando que esses dados do governo são desatualizados, já o levantamento quantitativo é feito a cada cinco anos. “No nosso levantamento estamos com quase 90% de cobertura, mas na tabela do Ministério da Saúde chegamos próximo de 80%, apenas”, compara.

Apesar da diferença dos números, Mascarelo garante que a equipe de saúde está fazendo um bom trabalho. “O importante é que vamos chegar próximo de 100% de imunização do público real”, afirma lembrando que a população entendeu a importância da vacinação e está colaborando. “No Dia D – 4 de maio – tivemos uma grande participação. Teve brinquedos para as crianças e distribuição de brindes e o resultado foi positivo”, avalia.

Conforme o secretário, as equipes de saúde continuam realizando a vacinação até o dia 31 de maio durante o horário de expediente no posto de saúde, de segunda a sexta-feira. Ele frisa que na dúvida a população deve conversar com a equipe de profissionais. “Eles estão preparados e poderão esclarecer todas as dúvidas”.

Divergência de números

Mascarelo afirma que essa divergência entre Ministério da Saúde e realidade não é um caso isolado de Novo Horizonte. “É no Estado todo”, afirma o secretário frisando que há um diálogo para que isso seja corrigido. “Claro que os números não vão bater, mas o mais importante é que a imunização ocorra de acordo com a realidade do município e público alvo”, defende. Hoje, por exemplo, pelo Ministério da Saúde, Novo Horizonte teria 188 crianças para a imunização. Porém, na realidade, são apenas 110. Dessas, 84 já foram imunizadas.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar