---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Novo Horizonte emite decreto com medidas para o enfrentamento do Coronavírus

Publicado em 19/03/2020 às 15:56 - Atualizado em 19/03/2020 às 15:56

De caráter informativo e preventivo, as medidas são temporárias
Créditos: Ascom/Novo Horizonte Baixar Imagem

Em consonância ao Decreto Estadual 515/2020, o município de Novo Horizonte publicou, nesta quarta-feira (18), o decreto 2.611 que dispõe sobre as medidas de enfrentamento do novo Coronavírus (Covid-19). De caráter informativo e preventivo, as medidas são temporárias.

Na área da saúde, ficam suspensos os atendimentos realizados em grupos pelos profissionais de todos os órgãos da Secretaria Municipal de Saúde e os procedimentos de rotina. O documento determina também que todas as unidades de saúde sigam as orientações da Vigilância Epidemiológica e demais órgãos de saúde. No período de vigência do decreto não serão realizados, por exemplo, coletas para exames de rotina, agendamentos de consultas e encaminhamentos para especialidades.

O documento prevê também a suspensão das aulas na rede pública municipal de ensino, oficinas do Departamento de Cultura, escolinhas de futsal e demais competições no período de 30 dias. Pelo mesmo período, suspende todos os eventos com publico superior a 30 pessoas para ambiente externo e 20 pessoas para ambiente interno. No Departamento de Promoção Social, ficam suspensos os atendimentos realizados em grupos pelos profissionais do serviço de convivência e fortalecimento de vínculos do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), bem como a realização de encontros dos grupos de idosos.

Conforme o decreto, também fica cancelada a eleição do conselho tutelar que estava prevista para o dia 29 de março. Uma nova data deve ser definida. Como medida individual, o decreto recomenda que seja evitada a circulação em ambientes com aglomeração de pessoas. Para pessoas idosas – grupo de risco – a recomendação é que permanecem em casa. Todas as medidas previstas no decreto poderão ser reavaliadas a qualquer momento, de acordo com a situação epidemiológica do município.

De acordo com o prefeito, Vanderlei Sanagiotto, as medidas são drásticas, mas necessárias para que o município não registre casos do novo Coronavírus. Ele explica que a decisão leva em conta a situação do país e visa à proteção dos munícipes. “A Secretaria de Saúde, em conjunto com toda a equipe, buscou as orientações necessárias e está preparada com os devidos protocolos. Porém, entendemos que se houver a colaboração de todos logo sairemos desse estado de alerta”.

Sanagiotto lembra que prejuízos financeiros são inevitáveis, porém, a preocupação no momento é com a saúde pública. “Precisamos agir de forma conjunta e frear essa pandemia”. Segundo o prefeito, o município está adotando todas as medidas necessárias e o entendimento e comprometimento da população é fundamental neste momento.