---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Erradicação do trabalho infantil é tema de concurso em Novo Horizonte

Publicado em 09/06/2020 às 11:05 - Atualizado em 09/06/2020 às 11:05

Inscrições, que foram abertas nesta segunda-feira (8), vão até dia 30 de junho
Créditos: Ascom/Novo Horizonte Baixar Imagem

Com o tema “trabalho infantil não é brincadeira”, o Departamento de Promoção Social de Novo Horizonte lançou, nesta segunda-feira (8), o concurso municipal “Erradicação do Trabalho Infantil”. O objetivo é integrar a comunidade e conscientizar, de forma criativa, lúdica e participativa, sobre os efeitos nocivos do trabalho na infância e na adolescência. Todas as etapas do concurso seguem rigorosamente as recomendações do Ministério da Saúde para que não haja proliferação do novo coronavírus (Covid-19).

De acordo com o edital, o concurso é dividido em dois grupos. Crianças de seis a 11 anos, os quais deverão apresentar um desenho, e adolescentes de 12 anos a 17 anos, os quais devem criar uma frase. Ambos precisam preservar o tema central que é a erradicação do trabalho infantil. Todas as normas e prazos estão disponíveis no edital, publicado no portal do município ou disponível na sede do Centro de Referência de Assistência Social (Cras). A inscrição será a entrega do próprio desenho ou da frase em papel timbrado. A retirada do papel e a entrega do trabalho devem ser feitas no Cras, até o dia 30 de junho.

Segundo a coordenadora do Departamento de Promoção Social, Marcia Nicola Franchini, o concurso avaliará, no caso do desenho, pertinência ao tema, vivacidade, traçado, colorido, originalidade, criatividade e impacto visual. No caso da frase, serão observadas questões como pertinência ao tema, domínio do português, seleção e organização das ideias e demonstração de conhecimento. Recebem prêmio os primeiros e segundos lugares de cada categoria. Nas duas categorias, o primeiro lugar ganha um tablet e um caderno personalizado. O segundo lugar recebe uma mochila e uma caixa de lápis de cor.

Marcia frisa que, apesar do momento delicado, em que a distância deve ser prioridade, os trabalhos precisam continuar e o concurso ajuda na reflexão e discussão sobre o assunto. Ela conta ainda que os desenhos e frases contribuirão para que a equipe entenda e visualize como o tema é percebido e interpretado pelas crianças e adolescentes. “No dia a dia as equipes atuam com ações corretivas, mas nosso grande objetivo é atuar na prevenção”, disse observando que esse tipo de ação contribui para isso.