Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Após mais de 50 horas de formação, alunas da oficina de artesanato são diplomadas

Publicado em 08/09/2021 às 15:04 - Atualizado em 08/09/2021 às 15:04

A formação, com carga horário de 56 horas, reuniu dez mulheres de Santo Agostinho
Créditos: Ascom/Novo Horizonte Baixar Imagem

A administração municipal de Novo Horizonte, através do Departamento de Cultura, certificou, na semana passada, as mulheres integrantes da oficina de artesanato. O grupo, formado por dez mulheres da comunidade de Santo Agostinho, iniciou a capacitação no mês de maio. Com encontros semanais de duas horas, a formação teve carga horária total de 56 horas.

Vanessa Bratti Giombeli, diretora de Cultura, explica que o objetivo da formação é estimular e promover o contato com a arte do artesanato, estimulando as práticas artesanais e culturais. Ela defende que, através da capacitação, as mulheres passam a ter condições de ter uma renda alternativa. Segundo ela, inclusive, algumas mulheres já comercializaram os seus trabalhos durante o curso.

De acordo com a professora de artesanato, Mariliza Cataneo Drei, a capacitação trouxe noções e técnicas para pintura em tecido. Ao longo da formação as mulheres aprenderam, por exemplo, a fazer a escolha dos desenhos, do tecido, aplicar o desenho no pano e pintar.   

Apesar da turma em Santo Agostinho ter concluído a formação, Vanessa adianta que na sede do município há duas turmas em andamento, inclusive com vagas abertas. “Se alguém tiver interesse, nos procure. Também há a possibilidade de novas turmas nas comunidades. Basta sinalizar o interesse que nós organizamos novas turmas”, explica.

Certificados

A entrega dos certificados, feita na comunidade de Santo Agostinho seguiu todos os protocolos dos órgãos de saúde em relação a pandemia e contou com a presença da diretoria de cultura e da secretária de Educação, Esportes e Cultura, Solange Franzosi